5 Erros sobre ingestão de água

A água é um elemento fundamental para a manutenção da vida. No corpo humano, ela representa em torno de 60% da nossa composição, atuando e potencializando as reações do nosso metabolismo.

A água tem funções essenciais para o bom funcionamento do nosso organismo, tais como eliminação de substâncias tóxicas e transporte de nutrientes, oxigênio e minerais para todo o corpo. Além disso, age na proteção mecânica dos nossos órgãos contra impactos e auxilia na regulação da temperatura corporal.

Bom, agora fica mais fácil de entender porque é tão importante bebermos água todos os dias. Segundo o Ministério da Saúde, devemos ingerir cerca de 2 litros de água diariamente. Entretanto, essa hidratação precisa ser realizada adequadamente!

Para poder te ajudar nessa tarefa, separamos 5 erros sobre ingestão ideal de água que devem ser evitados, afim de que você se hidrate de forma saudável e correta:

1. Beber tudo de uma só vez

Pode parecer estranho, mas ingerir a quantidade de líquido necessária no dia de uma só vez é um erro e pode trazer sérias consequências à saúde.

Ao bebermos muita água num curto espaço de tempo, podemos levar nosso corpo à hiponatremia. Esse termo refere-se à baixa concentração de sódio em nosso sangue.

Isso ocorre pois, o alto volume de líquido dilui rapidamente a concentração dos eletrólitos na corrente sanguínea, principalmente o sódio.

A hiponatremia pode causar mal-estar, tontura, vômitos, tremores, dores abdominais e até parada cardíaca. Dessa forma, o recomendado é beber água aos poucos e várias vezes ao dia, para que não haja nenhum prejuízo para o nosso corpo.

2. Beber apenas quando tem sede

Outro equívoco que as pessoas cometem quanto à ingestão de água, é o de bebê-la apenas quando sentem sede.

A sede, na verdade, é um sinal de alerta emitido pelo nosso corpo indicando que já passou da hora de beber água! Isso não é saudável, uma vez que mostra que o organismo está no seu limite, podendo acarretar a desidratação.

O ideal é criarmos mecanismos que nos acostumem à ingestão de água, como por exemplo, ficar com uma garrafinha de água sempre por perto ou estipular horários para beber o líquido.

3. Beber a quantidade insuficiente de água

Assim como o excesso, a escassez de água faz mal ao nosso organismo. E esse é um grande erro que as pessoas cometem!

Você já viveu a situação de passar horas sem beber água? Infelizmente, isso é muito comum e pode acontecer, principalmente no inverno. A razão disso é que, por essa ser uma estação fria, nosso corpo reage nos fazendo sentir menos sede.

Beber pouca água de maneira regular pode causar desidratação, trazendo consequências terríveis ao nosso corpo.

A baixa ingestão de água pode provocar sintomas como dores de cabeça, falta de concentração, nervosismo e cansaço. Ademais, pode ocasionar doenças renais, problemas respiratórios, excesso de peso, dentre outros.

Alguns sinais que podem avaliar a qualidade da sua hidratação são a cor e os aspecto da sua urina – se estiver amarelada e pouco volumosa, podem ser indicativos de que você está desidratando.

4. Achar que beber água engorda

Um erro bastante comum, é pensar que o consumo de água pode levar ao ganho de peso. Na verdade, uma boa hidratação pode, inclusive, auxiliar no processo de emagrecimento.

De acordo com um estudo feito na Universidade da Vírginia, nos Estados Unidos, as pessoas que bebem dois copos de água antes das refeições comem menos. Isso ocorre porque quando bebemos água, hormônios da saciedade são liberados pelo estômago e, consequentemente, emagrecemos.

Outro aspecto que a boa hidratação pode trazer é a melhora da circulação sanguínea, evitando inchaços e retenção líquida.

5 . Confundir sede com fome

Por fim, um erro sobre a ingestão de água bastante recorrente é confundir a fome com a sede. Mas, por que isso acontece? É porque essas duas sensações são processadas no mesmo local em nosso cérebro: o hipotálamo. Assim, em alguns momentos elas podem ser facilmente confundidas.

Com o fácil acesso à comida, as vezes as pessoas não reconhecem realmente quando estão com fome.

Precisamos saber diferenciar a necessidade de beber água e a de nos alimentar. Para tal, indicamos um método eficaz: caso pense estar sentindo fome, beba um copo de água. Se a sensação passar, você não estava com fome, era apenas sede! Mas, se você continuar com vontade de se alimentar, aí sim é fome.

Agora que você sabe os erros mais comuns sobre a ingestão de água e como não os cometer, está apto para se hidratar da maneira mais completa e saudável possível!

Lembre-se das nossas dicas e beba mais água mineral de qualidade!

Para receber mais dicas como esta gratuitamente, inscreva-se em nossa newsletter!

Deixar um comentário